RESTAURANTES NA BARRA

                           A coisa acontece na Avenida Érico Veríssimo.

048

É lá que fica o GERO ( falei dele ontem ), o DUO , o recém–inaugurado PARIS 6 e o BRÁZ.

061

Essa é uma pizzaria suuuper bem montada e que fica lotada! Tinhamos indicação do concierge e foi uma ótima dica.  #domingoediadepizza

062063

Para esse dia, escolhi outro look navy – vestido VITOR DZENK- bolsa GUCCI – espadrilles TOMMY HILFINGER – JÓIAS PD ( jóias em ouro amarelo combinam bem com navy !)

067028030011

                           E não era só eu que estava no mood navy não…

068

No DUO não fui, mas fiquei sabendo que foi eleito o melhor restaurante da Barra! Os sócios Nicola Giorgio e Dionísio Chaves unem excelente cozinha e adega, em ambiente e clima descontraído e informal. O chef Michele Del Monaco, italiano de Nápoles, foi chef do Relais & Chateaux Il Pellicano, uma estrela Michelin, e no DUO, traduz o que há de melhor na cozinha italiana, com finalização no forno a lenha. Na hora do almoço, a casa também oferece o menu del giorno, com couvert, entrada e prato principal a preço fixo. No jantar, entram em cena, além do menu tradicional, sugestões de pizzas gourmet feitas no forno a lenha construído no final do salão. #ficaadica

Outra opção é o famoso ANTIQUARIUS que está instalado dentro do Barra Shopping. Dentro do Village Mall e Fashion Mall também há excelentes restaurantes : Quadrifoglio, CT Brasserie, Naga , Pobre Juan , Alessandro e Fredereico … Procure saber!

                                 ***************************

Para almoço, as grandes churrascarias-rodízio estão todas na Barra. Além delas, os tradicionais da beira da praia que servem aquela comidinha carioca típica: picanha/galeto, arroz, farofa e vinagrete, batata frita. O COLUMBIA DA BRASA, no início da praia, no Pepê, é tradicionalíssimo, embora suuper simples! Mesas na calçada, sob uma castanheira , vive lotado de gente atrás dessa comidinha caseira!

039040037038

 

                               ******************************

   PROGRAMA LINDO DE DIA , JÁ QUE VOCÊ ESTÁ NA BARRA ! ( aproveite e faça ! )   

Suba para o Alto da Boa Vista em direção ao Corcovado, passando pela maravilha que é a Floresta da Tijuca – a maior floresta urbana do mundo!!! A vista é isso aqui … uauuu …

041042

     Depois, descendo já , siga para a VISTA CHINESA , outro cartão postal do Rio!

044

Descendo ainda mais, siga o caminho de SÃO CONRADO ,e caia na praia mesmo, para ver , no final de tarde, a descida do pessoal de asa delta ao por-do-sol. Lindo!

045046

        Que Deus fez ….  não conheço cidade mais linda que esse Rio de Janeiro !!!

 

5

RIO DE JANEIRO NIGHT AND DAY III

                      Multiplicando a mala : 1o. à noite … e depois em look praia.

001015 - Cópia

                    Jantar á noite na BARRA : Fomos ao GERO, nunca falha !

048

Ambiente refinado na Avenida Erico Veríssimo, esse italiano gostoso tem as massas todas feitas na própria casa, bem à moda italiana mesmo. Um clássico, em SP e no Rio.

049051

Para essa noite, um vestido branco e casaco BOBSTORE, espadrilles TOMMY HILFINGER, bag MULBERRY e JÓIAS PD.

001 - Cópia005

                                 argola peças 10 x 270,00 = 2700,00

011

           Já no programa praia, o mesmo vestido virou saída em look navy.

053017019

O brinco beijo casa super bem dando uma “ avermelhada “ no look – 10 x 80,00 = 800,00

015020

                                                  Inspiração :

021

 

5

RIO DE JANEIRO NIGHT AND DAY II

Outro shopping gostoso para quem está na Barra é o FASHION MALL , que fica bem pertinho, em São Conrado. É um shopping pequeno, bonito, tranquilo e com cinema e restaurantes gostosos também.

029

dress SIBERIAN-parka BOBSTORE–espadrilles TOMMY HILFINGER–bag MULBERRY–JÓIAS PD

032033

                    fio longo de jade e brinco vento em ouro e brilhantes

017

Dica de restaurante : ALESSANDRO & FREDERICO – um italianinho gostoso, com mesas na varanda – tão agradável que nem parece restaurante de shopping!

041040048

      Massas e pizzas são o carro-chefe , mas essa mesa de antepastos é imperdível!

031032033

              … que acompanha uma focaccia quentinha, assada na hora!

034

                O mesmo vestido foi multiplicado em look-praia no dia seguinte.

029 - Cópia006

  biquini LENNY–vestido SIBERIAN–alpargatas MICHAEL KORS–pulseira vintage-brinco PD

035007008009010

 

5

MENSAGEM DE PASCOA

Hoje é PÁSCOA, e para quem acredita, significa renovação. Pensei muito sobre o que escrever como uma mensagem especial de Renovação. E pensei em ÉTICA. Era esse o grande valor que eu gostaria de ver renovado primeiro na minha família, e por extensão, na minha cidade, no meu país e nesse mundão de meu Deus.

Precisamos de educação? Sim, claro! … Mas não faz muito tempo que o Brasil era um mar de analfabetos, e mesmo assim, havia ética, palavra séria, gente séria e de bem.

Precisamos de saúde? Sim, claro ! Mas de que adianta o governo destinar verba, e vermos ambulâncias superfaturadas, hospitais-fantasmas com obras interrompidas antes de sua inauguração, remédios vencendo suas validades antes de serem distribuídos…

Precisamos de segurança? Sim, claro, e como!!! Pois como não há ética, um acha que pode surrupiar o que é do outro, violar o direito de ir e vir, agredir fisica e moralmente o próximo, mentir, caluniar, roubar …

E parece que não sou só eu que ando sofrendo tanto com a falta de ética diretamente na pele… O grande colunista de Veja Gustavo Ioschpe escreveu um artigo que me tocou no coração, tanto pela maneira como ele anda se sentindo, como pela dúvida em como ele deve criar seus filhos. Sim, pois somos nós os grandes responsáveis em criá-los dentro de valores rígidos de conduta, sem aceitar trapaças e violações da lei, sem aceitar desrespeito à hierarquia e à autoridade. Trancrevo abaixo o artigo dele e divido com vocês hoje o meu profundo desejo de renovação de valores . E desejo paz ! Acredito que sem ética está difícil viver com o coração descansado nessa selva de leões ferozes .

                                Feliz Páscoa ! Feliz Novos Tempos !

******************************************************************

                           Devo educar meus filhos para serem éticos?

Quando eu tinha uns 8 ou 9 anos, saía de casa para a escola numa manhã fria do inverno gaúcho. Chegando à portaria, meu pai interfonou, perguntando se eu estava levando um agasalho. Disse que sim. Ele me perguntou qual. “O moletom amarelo, da Zugos”, respondi. Era mentira. Não estava levando agasalho nenhum, mas estava com pressa, não queria me atrasar.

Voltei do colégio e fui ao armário procurar o tal moletom. Não estava lá, nem em nenhum lugar da casa. Gelei. À noite, meu pai chegou em casa de cara amarrada. Ao me ver, tirou da pasta de trabalho o moletom. E me disse: “Eu não me importo que tu não te agasalhes. Mas, nesta casa, nesta família, ninguém mente. Ponto. Tá claro?”. Sim, claríssimo. Esse foi apenas um episódio mais memorável de algo que foi o leitmotiv da minha formação familiar. Meu pai era um obcecado por retidão, palavra, ética, pontualidade, honestidade, código de conduta, escala de valores, menschkeit (firmeza de caráter, decência fundamental, em iídiche) e outros termos que eram repetitiva e exaustivamente martelados na minha cabeça. Deu certo. Quer dizer, não sei. No Brasil atual, eu me sinto deslocado.

Até hoje chego pontualmente aos meus compromissos, e na maioria das vezes fico esperando por interlocutores que se atrasam e nem se desculpam (quinze minutos parece constituir uma “margem de erro” tolerável). Até hoje acredito quando um prestador de serviço promete entregar o trabalho em uma data, apenas para ficar exasperado pelo seu atraso, “veja bem”, “imprevistos acontecem” etc. Fico revoltado sempre que pego um táxi em cidade que não conheço e o motorista tenta me roubar. Detesto os colegas de trabalho que fazem corpo mole, que arranjam um jeitinho de fazer menos que o devido. Tenho cada vez menos visitado escolas públicas, porque não suporto mais ver professores e diretores tratando alunos como estorvos que devem ser controlados. Isso sem falar nas quase úlceras que me surgem ao ler o noticiário e saber que entre os governantes viceja um grupo de imorais que roubam com criatividade e desfaçatez.

Sócrates, via Platão (A República, Livro IX), defende que o homem que pratica o mal é o mais infeliz e escravizado de todos, pois está em conflito interno, em desarmonia consigo mesmo, perenemente acossado e paralisado por medos, remorsos e apetites incontroláveis, tendo uma existência desprezível, para sempre amarrado a alguém (sua própria consciência!) onisciente que o condena. Com o devido respeito ao filósofo de Atenas, nesse caso acredito que ele foi excessivamente otimista. Hannah Arendt me parece ter chegado mais perto da compreensão da perversidade humana ao notar, nos ensaios reunidos no livro Responsabilidade e Julgamento, que esse desconforto interior do “pecador” pressupõe um diálogo interno, de cada pessoa com a sua consciência, que na verdade não ocorre com a frequência desejada por Sócrates. Escreve ela: “Tenho certeza de que os maiores males que conhecemos não se devem àquele que tem de confrontar-se consigo mesmo de novo, e cuja maldição é não poder esquecer. Os maiores malfeitores são aqueles que não se lembram porque nunca pensaram na questão”. E, para aqueles que cometem o mal em uma escala menor e o confrontam, Arendt relembra Kant, que sabia que “o desprezo por si próprio, ou melhor, o medo de ter de desprezar a si próprio, muitas vezes não funcionava, e a sua explicação era que o homem pode mentir para si mesmo”. Todo corrupto ou sonegador tem uma explicação, uma lógica para os seus atos, algo que justifique o porquê de uma determinada lei dever se aplicar a todos, sempre, mas não a ele(a), ou pelo menos não naquele momento em que está cometendo o seu delito.

Cai por terra, assim, um dos poucos consolos das pessoas honestas: “Ah, mas pelo menos eu durmo tranquilo”. Os escroques também! Se eles tivessem dramas de consciência, se travassem um diálogo verdadeiro consigo e seu travesseiro, ou não teriam optado por sua “carreira” ou já teriam se suicidado. Esse diálogo consigo mesmo é fruto do que Freud chamou de superego: seguimos um comportamento moral porque ele nos foi inculcado por nossos pais, e renegá-lo seria correr o risco da perda do amor paterno.

Na minha visão, só existem, assim, dois cenários em que é objetivamente melhor ser ético do que não. O primeiro é se você é uma pessoa religiosa e acredita que os pecados deste mundo serão punidos no próximo. Não é o meu caso. O segundo é se você vive em uma sociedade ética em que os desvios de comportamento são punidos pela coletividade, quer na forma de sanções penais, quer na forma do ostracismo social. O que não é o caso do Brasil. Não se sabe se De Gaulle disse ou não a frase, mas ela é verdadeira: o Brasil não é um país sério.

Assim é que, criando filhos brasileiros morando no Brasil, estou às voltas com um deprimente dilema. Acredito que o papel de um pai é preparar o seu filho para a vida. Essa é a nossa responsabilidade: dar a nossos filhos os instrumentos para que naveguem, com segurança e destreza, pelas dificuldades do mundo real. E acredito que a ética e a honestidade são valores axiomáticos, inquestionáveis. Eis aí o dilema: será que o melhor que poderia fazer para preparar meus filhos para viver no Brasil seria não aprisioná-los na cela da consciência, do diálogo consigo mesmos, da preocupação com a integridade? Tenho certeza de que nunca chegaria a ponto de incentivá-los a serem escroques, mas poderia, como pai, simplesmente ser mais omisso quanto a essas questões. Tolerar algumas mentiras, não me importar com atrasos, não insistir para que não colem na escola, não instruir para que devolvam o troco recebido a mais…

Tenho pensado bastante sobre isso ultimamente. Simplesmente o fato de pensar a respeito, e de viver em um país em que existe um dilema entre o ensino da ética e o bom exercício da paternidade, já é causa para tristeza. Em última análise, decidi dar a meus filhos a mesma educação que recebi de meu pai. Não porque ache que eles serão mais felizes assim – pelo contrário -, nem porque acredite que, no fim, o bem compensa. Mas sim porque, em primeiro lugar, não conseguiria conviver comigo mesmo, e com a memória de meu pai, se criasse meus filhos para serem pessoas do tipo que ele me ensinou a desprezar. E, segundo, tentando um esboço de resposta mais lógica, porque sociedades e culturas mudam. Muitos dos países hoje desenvolvidos e honestos eram antros de corrupção e sordidez 100 anos atrás. Um dia o Brasil há de seguir o mesmo caminho, e aí a retidão que espero inculcar em meus filhos (e meus filhos em seus filhos) há de ser uma vantagem, e não um fardo. Oxalá.

                           ***********************************

 5

RIO DE JANEIRO NIGHT AND DAY

Como dessa vez estamos pela 1a. vez na Barra da Tijuca com as filhas, procuramos fazer os programas todos por lá mesmo, para deslocarmos o mínimo possível. Ponto positivo na Barra : a praia – limpa, plana, faixa larga de areia branca e firme, menos gente e mar que permite entrar sem tanto perigo como é na Zona Sul. Por tudo isso, é importante aproveitar dela. Ponto negativo : menos coisa para fazer , menos restaurantes bacanudos para ir. Mas … por outro lado, o melhor shopping do Rio fica aqui – o Village Mall – e o Fashion Mall em São Conrado, também é delicioso para passear e comer. 

085072

                           Brinco Missoni em homenagem às cores da marca

025

O Village Mall é um shopping super novo que está se firmando como o point das grandes grifes no Rio. As lojas são enormes, bem montadas e estão com as coleções simultâneas com a Europa. No 3o. andar, os restaurantes formam um mix bem gostosinho, que completa o programa de quem está a passeio, compras ou cineminha. ( Don Juan – carnes; Naga – japa ; CT Brasserie – francês ; Quadrifoglio – italiano ; e uma hamburgeria logo na frente) . Olhem a lindeza e o luxo do mall!

083088087

                                         Pausa para a tietagem … rsrsr

012

        Lendo a VOGUE ABRIL / 14 , tirei algumas cositas para dividir com vocês :

015

Pois é, a FOREVER 21 chegou ao Brasil, e fui ver a loja no VILLAGE MALL. Segurança com cordas na entrada, para limitar o número ; fila de umas 80 pessoas para experimentar e de mais umas 50 para pagar … Isso num comércio morno como anda o brasileiro…

018

Todas as palmas para a moda praia e pós-praia de ADRIANA DEGREAS , com sua coleção maravilhosa no 3o. piso. Como não tem uma loja dela em BH, me explica???? Smiley surpreso

 

020

Já a VALENTINO acaba de abrir as portas no VILLAGE MALL com o mesmo padrão vip de atendimento de SP. Os produtos estão com a mesma política de preços de fora, sendo que aqui, dividem em 5x, 8x …. Está valendo super a pena, viu??? Mesmo! Se quiser esse sapato-desejo, inclusive nas cores novas, é só ligar para a Germana, que logo chega na sua casa …

021013 

A mesma calça voltou em look praia,multiplicando a mala, mas dessa vez com toque navy!

008 - Cópia002027026014005

           listras + azul e branco + 1 pitada de vermelho aqui e acolá = navy Polegar para cima

028029

 

5

FERIADAO

Na hora de viajar, conforto é sempre fundamental , claro ! Mas uma pitadinha de charme não faz mal a ninguém. Adoro ver como as pessoas se viram nessa hora, e hoje , os looks aeroporto são das brasileiras. Take a look!

004016005009009 (2)  

                       Para meu trajeto BH – RIO , investi em conforto e cor.

035

   blusa ZARA – calça TAHARI – bag MULBERRY – alpargatas MICHAEL KORS- JÓIAS PD

036039038

       colar de jade com pingente de coral / brinco e anel em ouro e brilhantes

022

As jóias que trouxe para esses 5 dias foram pensadas para funcionar em looks bem relax, pois como esses dias serão na BARRA com marido e filhas, a programação é mais descanso mesmo e zero badalação.

033

Pensei numa mala baseada nessa idéia da VOGUE USA , de clássicos : listras náuticas, camisas , sweaters e bolsão de palha. Mala pequena e com tudo para funcionar dia e noite ( 1o. noite, depois para a praia). Assim viajo leve e sem muita complicação. 

007005

            … E se a Donata vai levar tudo isso para 4 dias em Trancoso … rsrs

001

                             …. eu vou me virar só com isso aqui … rsrs

030

          Porque para curtir esse visual todo , não precisa de muita coisa não …

005

 

5

PRESENTES PARA 15 ANOS

Para a enxurrada de festas de 15 anos nesse ano, asugestões de presentes que elas amam , com certeza ! E jóia é jóia , né, gente ?? E com preço de roupa !!! A partir de 200,00. Separei por faixas de preços para ficar mais “ didático “ !

                                  Sugestões até 350,00

015

                                   Sugestões de 400,00 a 600,00

017018

                                       Sugestões de 700,00 a 1200,00

009008007

 

contato : patricia@patriciadiasjoias.com.br

             31 9955-5410

             facebook Patricia Dias Joias Dias

             instagran @patdiasjoias

 

5

DO DESENHO A PECA PRONTA

                Tenho prazer enorme em dividir meu trabalho com vocês !

007 (3) - Cópia - Cópia030

007 (3)021 (2)020 (2)

007 (3) - Cópia033 (2)034 (6)

021002

contatos patricia@patriciadiasjoias.com.br

             (31) 9955-5410

             instagram @patdiasjoias

             facebook  Patricia Dias Joias Dias

 

                               5

DIA DO BEIJO

 029

  Pois é, foi ontem, né? Olha ele aí – último par – BRINCO BEIJO – 3 X 250,00 = 750,00

059

           Essa fofurice vai bem em looks dia , dando um toque de charme e cor!

025027001 (2)

012 (2)013 (2)054

081080

           o anel é bijoux BUTLER WILSON , mas fica lindinho com o brinco JÓIAS PD

082042

Sasha-Luss-by-Patrick-Demarchelier-for-Vogue-Russia-2014-006

053

012 (3)

069

 

5

SOBRE A FESTA DA CAROL

           Tem umas festas que são bem legais , pois têm uma historinha por trás.

ZoomVIP-Carolina-100210

Essa linda família está vindo em reencontro à minha por vários motivos. Os pais da Ana Cristina são amicíssimos dos meus pais há mais de 30 anos, e por esse motivo, fomos ambas ao casamento uma da outra. Deu-se um hiato, e agora , além de nossas filhas mais velhas se darem muito bem, uma turma de amigas em comum nos colocou novamente em contato próximo. O que é otimo, e estamos muito felizes com isso! Na última 6a, o motivo do encontro foi celebrar o niver de 15 anos da caçula Carol, que escolheu o tema ÁFRICA.

ZoomVIP-Carolina-100179ZoomVIP-Carolina-100101ZoomVIP-Carolina-100187

Esse animal print que está tão em voga na moda,casou super bem com as flores amarelas.

063061

                         Duas lindas estavam na festa usando JÓIAS PD.

055

                Flávia, a beleza de sempre, com um brinco de borboletas PD.

058060 (2)ZoomVIP-Carolina-100378

        Andréa e seu power-glamour, deslumbrante de verde e brinco de flor PD.

054ZoomVIP-Carolina-101183053ZoomVIP-Carolina-101184

                           Flávia, outra linda, com sua pulseira de camélias PD.

ZoomVIP-Carolina-100400IMG_8898_thumb

 

 

 

5